Autoengano

Caro espectador
dos lamentos inflamados
infortúnios embalados
pelos tormentos dessa dor
te acomodas aí sentado
náufrago em tristezas
lendo vísceras vertidas
de um coração sofredor
me espanta a indiferença
estampada em tua presença
algumas vezes acometida
nessa mente sem clemência
quanto tempo será preciso
para ver-te em teu juízo
de igual pobre desertor
de teus dias de alegria
junto a mim em harmonia
sob bençãos de amor

AB

2 pensamentos sobre “Autoengano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s