Les Multiples Demeures – small works, “sucumbência”, acrylic & ink on paper. 2014

sucumbencia

“sucumbência”, acrylic & ink on paper over wood. 2014.

A tez pálida e fria já não pode suportar
que as horas voem sem que rumo possa dar
ao ser que em seu limite mais estreme sente
a mente esvaindo-se semente em planta broto
de seu ventre infértil de amor carente
como muda cresce insistente meio ao lodo
encharcado de ternura e amor onipresente
e o choro permanente segue em torrente
quanto mais te mostras mais me embriagas
a falta cresce e de muda animal silvestre
condenado a correr à exasperação rupestre
arisco e indomável arrebatando a vastidão
da mente devastada sucumbida ao coração.

AB

3 pensamentos sobre “Les Multiples Demeures – small works, “sucumbência”, acrylic & ink on paper. 2014

  1. Incrível! “limite estreme”, limite castiço, limite de solidão. Não conhecia essa palavra. Lindo! Adorei as imagens do esvair-se no amor que transborda o indivíduo e assume uma forma independente e animalizada irracional e irascível. Simplesmente sem palavras… Sem falar a pintura… Parabéns!

  2. Pingback: Succumbence | Alessandra Barbierato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s